Não sabemos ao certo o que estamos fazendo aqui. Muito menos as nossas origens e o nosso fim. Há apenas indicativos para essas respostas. Infelizmente, para se convencer, os seres buscam explicações lógicas, comprovadas e com fundamentação no mundo material, mesmo que para as coisas do imaterial. Alguns indicativos serão vos apresentados pelos métodos científicos criados pelo homem. Porém, a grande essência somente será revelada quando a busca conter elementos internos ao homem. É preciso que a busca revele o lado mais profundo e essencial do ser, pois não há nada dissociado desta realidade. As questões mundanas também encontrarão o natural apaziguamento quando a busca por soluções contiver reais interesses na sua localização ou definição. Enquanto os interesses terrenos predominarem algumas respostas não serão reveladas, pois não o ambiente ideal para sua revelação. É precisa estar alerta para o que nos motiva a seguir determinado caminho. É preciso esclarecer quais os interesses existentes. É preciso definir o que será feito com os conhecimentos. É para alimentar unicamente a mente dos seres? É para criar algum estado de dominação? É unicamente materialista? É para satisfação do próprio ser? É preciso acalmar a mente! Silenciar os pensamentos e controlar os desejos terrenos. A partir deste ponto a preocupação será compreender e assimilar a realidade de igualdade entre os seres. Depois ocorrerão as mudanças nos comportamentos com o próximo. Assimilado esses conceitos, abre-se espaço para novos conceitos e conhecimentos, que certamente auxiliarão a vida terrena dos seres, permitindo a superação de dificuldades como as doenças do corpo. Até lá, o avanço será mais lento, na medida em que a consciência das pessoas for ampliando. Infelizmente, certas respostas não podem ser dadas, pois a mente humana não está preparada. É fácil perceber. Tente trazer um novo conceito, em especial conflitante com aqueles que exercem dominação: a força dessas mentes dominadoras destrói as inovações, por meio do descrédito, e como não existem um certo número de mentes mais fortes e desprendidas desta dominação, a inovação logo padece sem alcançar o real propósito de bem. Por isso a busca é feita em etapas. Não existindo a resposta não é possível atingir consideráveis avanços na próxima.